Maca Peruana Melhora o Desempenho Sexual?

A maca é um legume de raiz que é um alimento importante para o povo da Cordilheira dos Andes, no Peru. Os incas, arquitetos da maior sociedade americana pré-colombiana, chamavam-no de “alimento dos deuses”.

É lendário como um afrodisíaco. A maca pode parecer um nabo comum, mas não há nada de comum na robustez ou nos benefícios à saúde dessa planta despretensiosa. Vamos dar uma olhada no que torna a maca tão excepcional.

Usos Tradicionais para Maca

Maca (Lepidium meyenii) é um membro da família Brassicaceae – uma enorme família de plantas que inclui brócolis, repolho, couve-flor, nabos e rabanetes. Como um membro do gênero Lepidium, é mais estreitamente relacionado ao agrião e mostarda.

De acordo com a Iniciativa Internacional de Recursos Genéticos de Plantas, a maca provavelmente foi domesticada pela primeira vez entre 1.300 e 2.000 anos atrás.

Diz a lenda que o Inca recomendou que os espanhóis alimentassem seus cavalos com maca peruana porque eles estavam sofrendo de baixa fertilidade em, o que era para eles, um ambiente hostil. (Infelizmente, esse era um segredo que os incas deveriam ter guardado para si mesmos.)

Os espanhóis cresceram para reverenciar a maca e aceitaram a do inca como uma forma de moeda para o pagamento de impostos.

Hoje, a maca peruana compõe metade da dieta de homens, mulheres, crianças e idosos indígenas nos Andes. É a única cultura além das batatas que crescerão em condições tão adversas – solo rochoso, temperaturas abaixo de zero e neve regular, mesmo no verão.

Esta planta resistente, na verdade, prospera em sol intenso, vento e frio. As raízes tuberosas de Maca podem ser cozidas, assadas ou assadas. Às vezes é adicionado a um mingau chamado mazamorra ou permitido fermentar em uma bebida chamada maca chicha.

Maca é às vezes chamado de ginseng peruano porque possui propriedades semelhantes a ginseng. Como o ginseng, a maca é usada para aumentar a força, a energia, a resistência e a libido.

Mas a maca peruana não está relacionada botanicamente com os verdadeiros ginsengs, como o ginseng asiático (Panax ginseng) e o ginseng americano (Panax quinquefolius).

O Viagra Natural da Maca Peruana

maca peruana

Maca Peruana tem uma longa história de uso como afrodisíaco em homens e mulheres. Não é totalmente entendido como a maca funciona nesse sentido.

Maca não contém hormônios vegetais e não funciona aumentando os níveis de hormônios sexuais como testosterona ou estrogênio diretamente. Acredita-se que pelo menos algumas de suas propriedades se devam a dois grupos de compostos exclusivos da maca – as macamidas e os macaenos.

Maca pode funcionar normalizando hormônios sexuais esteróides como testosterona, progesterona e estrogênio.

A maca é uma usina nutricional carregada de minerais, vitaminas, aminoácidos e ácidos graxos essenciais.

É possível que o rico perfil nutricional da maca suporte a produção hormonal normal.

A pesquisa científica não conseguiu provar com certeza que a maca aumenta o desejo sexual. Os especialistas admitem que o estudo da sexualidade em humanos é complicado, pois há muitos aspectos psicológicos que desempenham um papel.

Até agora, a maior parte da evidência de apoio para a eficácia da maca veio de estudos em animais de laboratório, não em humanos.

No entanto, só porque os pesquisadores ainda não provaram conclusivamente que a maca é um estimulante sexual, isso não significa que ela não tenha valor. O renomado etnobotânico, educador e autor Chris Kilham disse ao WebMD.com que: “A Maca tem uma longa história de uso medicinal bem-sucedido para o desconforto da menopausa, a infertilidade e a cura sexual. A questão não é se funciona – porque sabemos que funciona com certeza – mas como funciona ”.

Se você decidir tentar a maca para um aumento da libido, não tome uma dose única e espere sentir o movimento da Terra!

Ao contrário da pequena pílula azul, a maca precisa se desenvolver no seu sistema para funcionar. Você pode esperar que leve cerca de seis semanas para começar.

Maca Para Mulheres

Embora a maca seja frequentemente considerada um remédio para homens com baixa libido ou disfunção erétil (DE), a maca também pode ajudar mulheres. A maca pode ser usada para tratar desequilíbrios hormonais, problemas menstruais, menopausa e síndrome da fadiga crônica (SFC).

Maca pode ser a melhor amiga da mulher na menopausa. Ele equilibra os níveis de estradiol e hormônio folículo-estimulante (FSH) para reduzir significativamente a frequência e a gravidade das ondas de calor, ansiedade, depressão e disfunção sexual que ocorrem na menopausa.

De acordo com a Harvard Medical School, 23% das mulheres na faixa dos 40 e 50 anos tomam um antidepressivo, geralmente um inibidor seletivo da recaptação da serotonina (ISRS). Um efeito colateral comum dessas drogas é a disfunção sexual.

Um estudo descobriu que 3 gramas de maca por dia tiveram um efeito positivo significativo na disfunção sexual induzida por ISRS em mulheres na pós-menopausa.

O que procurar ao comprar Maca

Maca pode ser uma comida quase perfeita, mas nem todo mundo acha que é o complemento perfeito. Maca está disponível como um pó seco, cápsula ou extrato líquido. Como a maioria das pessoas usa maca em pó, vamos começar com o que você precisa saber sobre a escolha de um pó de maca.

Ao comprar maca em pó, você verá alguns rotulados como “crus” e outros como “gelatinizados”. Os distribuidores de maca crua afirmam que é o melhor, porque inclui todo o espectro de nutrientes da maca, incluindo enzimas.

A maca crua é um superalimento popular entre os entusiastas da comida crua. No entanto, se você der uma olhada nas resenhas de produtos sobre a maca, notará que um número alarmante de pessoas experimenta sofrimento digestivo significativo com a maca crua.

A maca gelatinizada sofreu um processo que remove amido indesejado para facilitar a digestão da raiz. Ao contrário do que poderia parecer, a gelatinização envolve o uso de calor e água e não tem nada a ver com gelatina, então os vegetarianos não precisam se preocupar.

Este processo aumenta a biodisponibilidade da maca, permitindo que mais nutrientes sejam absorvidos do que com a maca crua.

Um último argumento para evitar a maca crua é que tradicionalmente a maca sempre foi cozida. A sobrevivência dos povos indígenas dos Andes dependia da maca, então acho que podemos aprender com eles. Você raramente vai errar ouvindo a sabedoria dos antigos!

Quer você tome pó ou cápsulas, a dose padrão para a maca é de 1.500 a 3.000 mg. A maioria das cápsulas de maca é de 500 mg, então você precisa tomar três a seis cápsulas por dia.

Se você está preocupado com a digestibilidade, encontre as cápsulas de maca que declaram especificamente que contêm maca gelatinizada. A maioria não contém isso!

Existem também alguns extratos líquidos de maca. Muitos estudos usam o extrato em vez de pó de maca. Procure um que seja baseado em água ou acetato de etila.

Ao comprar maca, a qualidade é importante. Chris Kilham relata em seu site MedicineHunter.com que desde que a maca é agora vista como uma alternativa natural ao Viagra, a demanda por ele explodiu em todo o mundo industrializado, especialmente na China.

Simplesmente não há maca de alta qualidade suficiente para dar a volta, então você deve ter cuidado ao comprar maca inferior cultivada na China.

Ao retornar de uma viagem para a China, Kilham lamenta: “A China cultiva maca na província de Yunnan há cerca de dez anos, mas a altitude lá é menor do que nas terras altas do Peru.

Assim, a maca deve ser cultivada com pesticidas, herbicidas, etc., e com fertilizantes comerciais, em contraste com a maca peruana de alta altitude, que é produzida sem nenhuma agritoxina. ”

Avisos Sobre a Maca Peruana

Não há interações conhecidas de maca com medicamentos. No entanto, é melhor evitar a maca se você tiver um problema na tireóide.

A maca é rica em glucosinolatos – compostos encontrados em quase todos os membros da família Brassicaceae. Quando tomado em excesso, os glucosinolatos podem causar bócio, um aumento anormal da glândula tireóide. Isso é especialmente provável se sua dieta for baixa em iodo.

Enquanto as mulheres dos Andes comem maca enquanto estão grávidas e amamentando, a segurança do uso de suplementos de maca durante estes estágios não foi estabelecida. Por isso, geralmente recomenda-se que as novas mamães e futuras mamães evitem que a maca esteja no lado seguro.

A melhor maneira de usar maca

Depois de comprar seu pó de maca de alta qualidade, o que você faz com ele? Você quase certamente quererá disfarçar seu sabor.

Poucas pessoas adoram a maca pelo sabor. Na melhor das hipóteses, pode ser descrito como maluco; na pior das hipóteses, como degustação como grama suja. A maioria das pessoas adiciona aos smoothies. Comece com uma colher de chá por dia e trabalhe até uma colher de sopa ou mais, conforme necessário.

Maca tem sido um importante alimento básico por milhares de anos. Se você for usar a maca, trate-a mais como um alimento e menos como um suplemento.

Isso significa consumi-lo com alimentos, se você está tomando como um pó, cápsula ou extrair, a fim de maximizar a disponibilidade e minimizar suas chances de problemas digestivos.

Conheça os benefícios da batata!

As batatas são um vegetal de raiz versátil e um alimento básico em muitos lares.

Elas são um tubérculo subterrâneo que cresce nas raízes da planta Solanum tuberosum.

As batatas são relativamente baratas, fáceis de cultivar e embaladas com uma variedade de nutrientes.

Aqui estão 7 benefícios das batatas para a de saúde e nutrição.

Embalado com nutrientes

As batatas são uma excelente fonte de muitas vitaminas e minerais.

Uma batata cozida média (6,1 onças ou 173 gramas), incluindo a pele, fornece (2):

Calorias: 161
Gordura: 0,2 gramas
Proteína: 4,3 gramas
Carboidratos: 36,6 gramas
Fibra: 3,8 gramas
Vitamina C: 28% do IDR
Vitamina B6: 27% do IDR
Potássio: 26% do IDR
Manganês: 19% do IDR
Magnésio: 12% do IDR
Fósforo: 12% do IDR
Niacina: 12% do IDR
Folato: 12% do IDR
O conteúdo nutricional das batatas pode variar dependendo da variedade e como elas são preparadas. Por exemplo, fritar batatas acrescenta mais calorias e gordura do que assá-las.

Também é importante notar que a pele das batatas contém uma grande quantidade de vitaminas e minerais. Descascar batatas pode reduzir significativamente seu conteúdo nutricional.

Contém Antioxidantes

As batatas são ricas em compostos como flavonóides, carotenóides e ácidos fenólicos.

Estes compostos atuam como antioxidantes no organismo, neutralizando moléculas potencialmente nocivas conhecidas como radicais livres. Quando os radicais livres se acumulam, eles podem aumentar o risco de doenças crônicas como doenças cardíacas, diabetes e câncer.

Por exemplo, um estudo em tubo de ensaio descobriu que os antioxidantes presentes nas batatas podem suprimir o crescimento de células de câncer de fígado e cólon.

Estudos também descobriram que batatas coloridas como batatas roxas podem ter três a quatro vezes mais antioxidantes do que batatas brancas. Isso os torna potencialmente mais eficazes em neutralizar os radicais livres.

No entanto, a maior parte desta evidência é de estudos em tubo de ensaio. Mais pesquisas baseadas em humanos são necessárias antes de fazer quaisquer recomendações de saúde.

Pode melhorar o controle do açúcar no sangue

As batatas contêm um tipo especial de amido conhecido como amido resistente.

Este amido não é decomposto e totalmente absorvido pelo organismo. Em vez disso, atinge o intestino grosso, onde se torna uma fonte de nutrientes para as bactérias benéficas em seu intestino.

A pesquisa ligou o amido resistente a muitos benefícios para a saúde, incluindo a redução da resistência à insulina, que, por sua vez, melhora o controle do açúcar no sangue.

Em um estudo com animais, camundongos alimentados com amido resistente mostraram reduzida resistência à insulina. Isso significa que seus corpos eram mais eficientes em remover o excesso de açúcar do sangue.

Um estudo de pessoas com diabetes tipo 2 constatou que consumir uma refeição com amido resistente ajudou a remover melhor o excesso de açúcar no sangue após uma refeição.

Em outro estudo, dez pessoas receberam 30 gramas de amido resistente por dia durante um período de quatro semanas. Os cientistas descobriram que o amido resistente reduziu a resistência à insulina em 33%.

Curiosamente, você também pode aumentar o teor de amido resistente das batatas. Para fazer isso, armazene batatas cozidas na geladeira durante a noite e consuma-as frias.

Pode melhorar a saúde digestiva

O amido resistente em batatas também pode melhorar a saúde digestiva.

Quando o amido resistente atinge o intestino grosso, ele se torna alimento para bactérias benéficas do intestino. Essas bactérias digerem e transformam em ácidos graxos de cadeia curta.

O amido resistente de batatas é principalmente convertido no butirato de ácido graxo de cadeia curta – a fonte de alimento preferida para bactérias intestinais.

Estudos mostraram que o butirato pode reduzir a inflamação no cólon, fortalecer as defesas do cólon e reduzir o risco de câncer colorretal.

Além disso, o butirato pode auxiliar pacientes com distúrbios intestinais inflamatórios, como a doença de Crohn, a colite ulcerativa e a diverticulite.

Dito isso, a maior parte das evidências em torno do butirato é proveniente de estudos em tubo de ensaio ou em animais. Mais pesquisas baseadas em humanos são necessárias antes de fazer recomendações.

Naturalmente não contém glúten

A dieta sem glúten é uma das dietas mais populares em todo o mundo. Trata-se de eliminar o glúten, que é uma família de proteínas encontradas em grãos como espelta, trigo, cevada e centeio.

A maioria das pessoas não apresenta sintomas adversos ao consumir glúten.

No entanto, pessoas com doença celíaca ou sensibilidade ao glúten não-celíaca podem sentir desconforto grave ao consumir alimentos que contenham glúten. Os sintomas incluem dor de estômago aguda, diarreia, constipação, inchaço e erupções cutâneas, só para citar alguns.

Se você seguir uma dieta sem glúten, deve considerar adicionar batatas à sua dieta. Eles são naturalmente isentos de glúten, o que significa que não provocam sintomas desconfortáveis.

Enquanto as batatas são sem glúten, muitas receitas comuns de batata não são. Alguns pratos de batata que contêm glúten incluem molho, receitas gratinadas e pão de batata.

Se você tem a doença celíaca ou uma sensibilidade ao glúten não-celíaca, não deixe de ler a lista completa de ingredientes antes de comer um prato de batata.

Saciedade

Além de ser nutritivo, as batatas também são incrivelmente preenchidas.

Em um estudo, 11 pessoas foram alimentadas com 38 alimentos comuns e pediram para avaliar os alimentos com base em como eles estavam se enchendo. As batatas receberam a maior classificação de plenitude de todas.

De fato, as batatas foram classificadas como sendo sete vezes mais recheadas do que as de croissants, que foram classificadas como o item alimentício com menos enchimento.

Os alimentos que estão sendo preenchidos podem ajudá-lo a regular ou perder peso, pois reduzem as dores da fome.

Algumas evidências mostram que a proteína da batata, conhecida como inibidor da proteinase da batata 2, pode reduzir o apetite. Esta proteína parece aumentar a liberação de colecistocinina, um hormônio que promove sentimentos de plenitude.

Extremamente Versátil

As batatas não são apenas saudáveis, mas também são deliciosas e versáteis.

As batatas podem ser preparadas de várias maneiras, incluindo cozidos, assados ​​e cozidos no vapor. No entanto, fritar batatas pode aumentar drasticamente seu conteúdo de calorias se você usar muito óleo.

Em vez disso, tente cortar as batatas e, em seguida, assar no forno com um leve fio de azeite extra-virgem e um pouco de alecrim.

Certifique-se de não remover a pele das batatas, pois a maioria dos nutrientes está localizada lá. Isso garantirá que você receba a quantidade máxima de nutrientes da batata.

Conclusão

As batatas são ricas em vitaminas, minerais e antioxidantes, o que as torna muito saudáveis.

Estudos associaram as batatas e seus nutrientes a uma variedade impressionante de benefícios à saúde, incluindo melhor controle do açúcar no sangue, redução do risco de doenças cardíacas e maior imunidade. Eles também podem melhorar a saúde digestiva e combater os sinais de envelhecimento.

Batatas também são bastante recheio, o que significa que eles podem ajudá-lo a perder peso, reduzindo as dores de fome e desejos.

Tudo somado, as batatas são um ótimo complemento para a sua dieta com moderação. Eles também são naturalmente sem glúten, o que significa que eles podem ser apreciados por quase todos.

Benefícios da moringa oleífera

A planta moringa oleífera está começando a ganhar mais popularidade como um novo “superalimento” em cápsulas por seu perfil altamente nutritivo e poderosas propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes e protetoras dos tecidos, entre muitos outros benefícios da moringa para a saúde.

Moringa oleifera, também conhecida como rábano, é uma pequena árvore da Índia, Paquistão e Nepal que tem sido usada por gerações nos países orientais para tratar e prevenir doenças como:

  • diabetes
  • doenças cardíacas
  • anemia
  • artrite
  • doença hepática
  • e distúrbios respiratórios, cutâneos e digestivos.

Moringa em cápsulas tornou-se popular como um suplemento natural de pó de folhas, embora as vagens, raízes, casca, flores, sementes e frutos também sejam comestíveis.

É usado como um remédio tradicional para muitas doenças, e aqui estão 10 benefícios de saúde cientificamente apoiados de consumir a folha de moringa:

Benefícios da moringa oleífera

É cheio de nutrientes

A moringa é uma rica fonte de vitaminas, minerais e aminoácidos. Contém quantidades significativas de vitamina A, C e E; cálcio; potássio; e proteína.

Combate os radicais livres

Os antioxidantes combatem os radicais livres, moléculas que causam estresse oxidativo, dano celular e inflamação.

Moringa contém antioxidantes chamados flavonóides, polifenóis e ácido ascórbico nas folhas, flores e sementes.

Um estudo descobriu que extratos de folhas tinham maior atividade antioxidante, capacidade de eliminação de radicais livres e maior inibição da oxidação de lipídios, proteínas e DNA do que flores e sementes.

Isso significa que evita os danos e a degradação que os radicais livres causam nas células de diferentes órgãos do corpo, mantendo-os saudáveis ​​e funcionando no seu melhor.

Combate a inflamação

Inflamação pode levar a doenças crônicas como diabetes, problemas respiratórios, doenças cardiovasculares, artrite e obesidade.

Moringa reduz a inflamação, suprimindo enzimas inflamatórias e proteínas no corpo, e concentrado de folhas de moringa pode diminuir significativamente a inflamação nas células.

Ajuda a reduzir alguns sintomas da diabetes

O pó da folha de moringa tem sido eficaz na redução dos níveis de lipídios e glicose e na regulação do estresse oxidativo em pacientes diabéticos, o que significa que reduz o açúcar no sangue e o colesterol e melhora a proteção contra danos às células.

Protege o sistema cardiovascular

O pó da folha de moringa tem benefícios para o coração, particularmente no controle de lipídios no sangue, na prevenção da formação de placas nas artérias e na redução dos níveis de colesterol.

Suporta a saúde do cérebro

Moringa suporta a saúde do cérebro e função cognitiva por causa de suas atividades antioxidantes e neuro-enhancer.

Também foi testado como um tratamento para a doença de Alzheimer com resultados preliminares favoráveis.

Seu alto teor de vitaminas E e C combate a oxidação que leva à degeneração neuronal, melhorando a função cerebral.

Também é capaz de normalizar os neurotransmissores serotonina, dopamina e noradrenalina no cérebro, que desempenham um papel fundamental na memória, humor, função de órgãos, respostas a estímulos como estresse e prazer e saúde mental, por exemplo, em depressão e psicose.

Protege o fígado

Moringa contém altas concentrações de polifenóis em suas folhas e flores que protegem o fígado contra a oxidação, toxicidade e danos.

A moringa pode reduzir danos no fígado e fibrose e reverter a oxidação no fígado. O óleo de Moringa também pode restaurar as enzimas hepáticas a níveis normais, reduzindo o estresse oxidativo e aumentando o conteúdo de proteínas no fígado.

O fígado é responsável pela desintoxicação do sangue, produção de bílis, metabolismo da frutose, metabolismo da gordura e processamento de nutrientes, e só pode cumprir essas funções com o auxílio de enzimas hepáticas, por isso é vital que elas permaneçam em níveis normais.

Por exemplo, níveis mais baixos de enzimas hepáticas podem prejudicar sua capacidade de filtrar o sangue.

Contém propriedades antimicrobianas e antibacterianas

Moringa tem propriedades antibacterianas e anti-fúngicas que combatem infecções.

Tem sido eficaz contra tipos de fungos que causam infecções na pele e cepas de bactérias responsáveis ​​por infecções do sangue e do trato urinário e problemas digestivos.

Aumenta a cicatrização de feridas

A moringa tem propriedades de coagulação do sangue em suas folhas, raízes e sementes que beneficiam a cicatrização de feridas e podem reduzir o tempo de coagulação, o que significa reduzir o tempo que leva para que arranhões, cortes ou feridas parem de sangrar.

Como usá-la

Você pode adicionar moringa em pó ao seu smoothie ou beber como chá. O pó das folhas foi considerado seguro em estudos com seres humanos, mesmo em doses maiores do que o normal. O pó tem um sabor suave, por isso faz um chá de moringa leve com um sabor levemente terra.

Mas você pode querer evitar o consumo de extrato de sementes, pois eles mostraram um nível de toxicidade nas células do sistema imunológico.

A moringa em capsulas pode ter efeitos laxativos em grandes quantidades, portanto, uma dose segura para introduzi-la em sua alimentação ou dieta e evitar problemas digestivos é de ½ a 1 colher de chá por dia.

Se interessou pelo produto? Então clique em: moringa capsulas comprar.

Os Benefícios do tomate para sua saúde

Os benefícios dos tomates para a saúde incluem preservar a saúde do coração, reduzir o risco de câncer, ajudar a controlar os sintomas da próstata aumentada, apoiar a saúde da pele, melhorar a saúde óssea, reduzir o risco de sofrer episódios tromboembólicos, reduzir a extensão da oxidação lipídica e apoiar a saúde ocular.

Outros benefícios desse alimento incluem:

  • prevenir a progressão das condições neurológicas,
  • apoiar a perda de peso
  • e melhorar a função imunológica.

Tomates, conhecidos pelo seu nome botânico lycopersicon esculentum, são frutas (sim, não vegetais), e podem até ser categorizados como bagas se você for específico. Tomates podem variar em cor e tamanho de amarelo, laranja e vermelho vivo, e medem menos de meia polegada de diâmetro, variando até 4 polegadas e ainda maior.

Enquanto eles são classificados como frutas, eles não possuem as características “frutadas” doçura que nos tornamos acostumados, mas possuem uma doçura muito suave que contrasta com seu sabor ácido-picante.

Embora associados fortemente com a Itália e o Mediterrâneo, este não é o lugar onde eles realmente se originaram. Em vez disso, essa distinção pertence às bordas ocidentais da América do Sul, incluindo áreas como a Colômbia e o Equador. Exploradores levados de volta para as sementes da Europa desta planta após o seu cultivo subseqüente nas regiões mexicanas, tornando-os agora grampos em muitas cozinhas europeias.

Benefícios do tomate para a saúde

Tomates preservam a saúde do coração

O consumo regular de tomate tem numerosos efeitos benéficos para o coração, devido em grande parte à presença de betacaroteno e ao raro licopeno anti-oxidante. Estudos revelaram que as dietas que contêm as menores quantidades desses dois nutrientes estão associadas a um grande risco de doença cardíaca e derrame.

Eles ajudam a reduzir o impacto do dano oxidativo no coração, previne a formação de perigosos coágulos sanguíneos e também exercem um efeito redutor do colesterol. Talvez seja hora de ouvir sua mãe e comer seus tomates, certo?

Consumo De Tomates Reduz O Risco De Câncer

Há um crescente corpo de evidências para apoiar o fato de que aumentar o consumo de tomate está associado a um risco reduzido de câncer, especialmente os da próstata, cólon e mama. Esses efeitos são fortemente atribuídos à presença do licopeno, embora outros nutrientes definitivamente desempenhem um papel de apoio.

À medida que mais estudos são realizados, é certo que a popularidade e o consumo de tomates irão disparar ainda mais.

Ajudar a gerenciar os sintomas de uma próstata alargada

Há um papel especial para o tomate quando se trata de saúde da próstata masculina, como o licopeno composto é capaz de agir de forma moderada como alguns medicamentos utilizados para controlar uma próstata de alargamento.

Sob a influência do andrógeno DHT, as células da próstata podem responder e aumentar rapidamente em tamanho ou número. Embora esse crescimento seja principalmente inofensivo, pode levar a situações extremamente desconfortáveis ​​e embaraçosas, pois o fluxo normal de urina se torna problemático.

Os tomates são capazes de bloquear a produção de alguns desses hormônios, o que diminui a ação que pode ter na próstata. Além disso, devido ao fato de que o licopeno e os próprios tomates são excelentes fontes anti-oxidantes, pode impedir que esse crescimento geralmente benigno de tropeçar e se tornar canceroso.

Tomates são bons para a sua pele

Por volume, os tomates são cerca de 95% de água, o que os torna muito úteis para manter a saúde da sua pele.

Mas isso não é tudo que eles fazem para você, já que o licopeno tem uma propriedade que reflete os raios UV, reduzindo a possibilidade de danos causados ​​pela exposição ao sol.

Os resultados observaram uma redução de mais de 40% no desenvolvimento de queimaduras solares em pessoas que consomem quantidades generosas de tomates, em comparação com aqueles que não consomem.

Tomate melhora a saúde óssea

Ao pensar em osso e preservação, os tomates não são a primeira coisa que vem à mente. E enquanto não estamos atrás de seus níveis de cálcio ou magnésio, seus níveis de licopeno são extremamente benéficos para prevenir danos oxidativos nos ossos.

Muitas pessoas não consideram o osso como um tecido vivo, mas enquanto você está vivo, o mesmo acontece com o osso. A importância do licopeno foi confirmada em mulheres na pós-menopausa, que experimentaram perda óssea acelerada quando o consumo de tomate foi descontinuado.

Reduzir o risco de ter episódios tromboembólicos

Os episódios tromboembólicos referem-se a condições relacionadas à coagulação anormal de plaquetas e células sanguíneas, como ocorre durante um derrame ou ataque cardíaco. Normalmente, esses eventos ocorrem após alterações no sangue e vasos lentamente ao longo do tempo, frequentemente associados a uma coagulação anormal.

Os tomates contêm compostos que inibem processos excessivos de coagulação e, como resultado, podem diminuir o risco de sofrer esses eventos debilitantes.

Tomates reduzem a extensão da peroxidação lipídica

O interior de seus vasos sanguíneos é revestido de gorduras e lipídios – esta é uma parte imutável da nossa bioquímica.

No entanto, isso também os torna alvos primários para o dano oxidativo, e o que é freqüentemente o ponto de partida para a aterosclerose e doenças cardíacas.

Tomates, em virtude de sua poderosa capacidade anti-oxidante, reduz a extensão deste dano oxidativo e retarda o desenvolvimento de placas ateroscleróticas.

Tomates são bons para os seus olhos

Os tomates contêm vitamina A e seus anti-oxidantes carotenoides associados, que reduzem os danos à mácula do olho, ajudam a proteger o nervo óptico e melhoram a visão noturna.

Além disso, o licopeno elimina os efeitos dos radicais livres, reduz os sintomas de manchas, catarata e ajuda a manter os olhos funcionando perfeitamente na velhice.

Pode prevenir ou retardar a progressão das condições neurológicas

Muitas doenças neurodegenerativas, como Alzheimer e Parkinson, compartilham uma via de danos oxidativos que, se reduzidas, suprimem o risco de desenvolvimento ou a velocidade de progressão das doenças.

O licopeno exerce esses efeitos poderosos na preservação da função cerebral ideal, que, juntamente com a quantidade modesta de folato no tomate, pode degradar os níveis elevados de homocisteína (que têm um efeito pró-inflamatório).

Tomates oferecem excelente suporte para perda de peso

Enquanto a dieta para perder peso, o aumento da oxidação das células de gordura é uma ocorrência normal.

No entanto, isso não ocorre sem efeitos colaterais, já que a oxidação aumentada geralmente ocorre em uma base de sistema amplo, aumentando outros efeitos relacionados à oxidação, como a possibilidade de danos acelerados à pele.

No entanto, o tomate pode ajudar a compensar essa exposição aumentada a estímulos oxidativos, graças à sua quantidade generosa de licopeno e outros fitocompostos, incluindo vitaminas C e E.

Além disso, eles são muito baixos teor calórico e enchimento, o que os torna o acompanhamento perfeito para dietas com restrição calórica . Sinta-se à vontade para comer o quanto quiser, pois é improvável que você ganhe peso ou experimente efeitos adversos por ter muito.

Tomates Melhoram a Função Imunológica

Os tomates são ricos em muitas vitaminas anti-oxidantes, como C e E, que reforçam a força do sistema imunológico, aumentando a produção de glóbulos brancos.

Uma parte significativa do sistema imunológico também está no trato digestivo, embora muitas pessoas não percebam isso, mas felizmente a fibra solúvel de tomate pode ajudar a sustentar sua nutrição também.

Holisticamente, os tomates oferecem um apoio inigualável para o seu sistema imunológico, por isso, não economize nesta potência nutricional.

Conclusão

Tomates são realmente um superalimento, enquanto a palavra foi jogada livremente para centenas de frutas e legumes – os tomates estão altos. Sua facilidade de consumo (crua ou levemente cozida) as torna extremamente versáteis e fáceis de serem incorporadas em uma variedade de refeições, ou mesmo como saladas.

Eles oferecem benefícios importantes para a sua saúde, tornando o seu lugar em dietas de todos os tipos insubstituíveis.

Os benefícios da cenoura para sua saúde

Os benefícios das cenouras para a saúde incluem: redução do colesterol, menor risco de ataques cardíacos, prevenção de certos tipos de câncer, melhora da visão e redução dos sinais de envelhecimento prematuro.

Além disso, as cenouras têm a capacidade de melhorar a pele, estimular o sistema imunológico, melhorar a digestão, proteger a saúde cardiovascular, desintoxicar o corpo e melhorar a saúde bucal de várias maneiras.

Eles também fornecem um influxo bem-arredondado de vitaminas e minerais.

O que são cenouras?

As cenouras são uma das hortaliças mais utilizadas e apreciadas no mundo, em parte porque crescem com relativa facilidade e são muito versáteis em vários pratos e culinárias culturais. Eles são cientificamente classificados como Daucus carota e categorizados como vegetais de raiz.

Cenouras vêm em cores diferentes, como laranja, roxo, branco, amarelo e vermelho. A raiz principal da cenoura é a parte do vegetal mais comumente consumida, embora os vegetais ainda sejam benéficos em saladas e outras formas.

O tipo de cenoura mais comumente consumido em todo o mundo é a variedade domesticada das espécies selvagens mencionadas acima e é nativa da Europa e do sudoeste da Ásia.

A maioria das cenouras é cultivada na China, mas elas são exportadas em todo o mundo para serem incluídas em saladas e sopas, além de um vegetal autônomo para lanches, acompanhamentos e ingredientes essenciais em muitas receitas.

Cenouras em estado selvagem têm um elemento central amadeirado que não é muito palatável, então o cultivo finalmente selecionou essa característica e ficamos com a forma de cenouras com as quais estamos familiarizados hoje.

Tanto os adultos como as crianças gostam deles por causa de sua textura crocante e sabor adocicado, então este é um dos vegetais valiosos para os pais, já que as crianças parecem gostar de comê-las, o que é uma rara exceção!

Os benefícios para a saúde das cenouras e seu delicioso sabor fazem deles um importante legume em cozinhas culturais em todo o mundo. Então, primeiro vamos entender o que exatamente é sobre as cenouras que as tornam tão benéficas!

Fatos sobre a Nutrição da Cenoura

A maioria dos benefícios das cenouras pode ser atribuída ao seu conteúdo de beta-caroteno e fibra. Estas raízes são também uma boa fonte de antioxidantes.

Além disso, são ricos em vitamina A, C, K e B8, além de ácido pantotênico, ácido fólico, potássio, ferro, cobre e manganês.

Benefícios para a saúde de cenouras

Os Benefícios da cenoura para a saúde:

Prevenir Doenças Cardíacas

Em um estudo destinado a revelar o valor terapêutico das cenouras, pesquisadores do Wolfson Gastrointestinal Laboratory, em Edimburgo, Escócia, revelaram que o nível de colesterol cai em média 11% se sete onças de cenoura crua por dia são consumidas por três semanas.

O colesterol alto é um dos principais fatores que causam doenças cardíacas. Uma vez que o consumo regular de cenouras reduz os níveis de colesterol, é uma boa ideia consumir uma dose saudável de cenouras, a fim de evitar problemas relacionados ao coração.

Um grupo de cientistas suecos descobriu que essas raízes podem reduzir as chances de ter um ataque cardíaco. Um estudo realizado no Instituto Mario Negri para Pesquisa Farmacológica na Itália descobriu que aqueles que comiam mais cenouras tinham um risco de 1/3 de ataque cardíaco, em comparação com aqueles que comiam menos cenouras.

Pressão arterial

São ricas fontes de potássio, que é um vasodilatador e pode relaxar a tensão em seus vasos sanguíneos e artérias, aumentando assim o fluxo sanguíneo e a circulação, aumentando a função dos órgãos em todo o corpo e reduzindo o estresse no sistema cardiovascular.

A hipertensão arterial está diretamente ligada à aterosclerose, acidentes vasculares cerebrais e ataques cardíacos, por isso este é outro aspecto saudável das cenouras! A cumarina encontrada neles também tem sido associada à redução da hipertensão e à proteção da saúde do coração!

Aumentar a imunidade

As cenouras contêm um número de habilidades anti-sépticas e antibacterianas que as tornam ideais para estimular o sistema imunológico.

Não só isso, eles são uma rica fonte de vitamina C, que estimula a atividade dos glóbulos brancos e é um dos elementos mais importantes no sistema imunológico humano.

Ajuda na digestão

As cenouras, como a maioria das verduras, têm quantidades significativas de fibra dietética em suas raízes, e a fibra é um dos elementos mais importantes para manter uma boa saúde digestiva.

A fibra adiciona volume às fezes, o que ajuda a passar suavemente pelo trato digestivo e estimula o movimento peristáltico e a secreção de suco gástrico. No total, isso reduz a gravidade de condições como a constipação e protege o cólon e o estômago de várias doenças graves, incluindo o câncer colorretal.

Fibra também aumenta a saúde do coração, ajudando a eliminar o excesso de colesterol LDL das paredes das artérias e vasos sanguíneos.

Prevenir o câncer

O consumo de beta-caroteno tem sido associado a um risco reduzido de vários tipos de câncer, especialmente câncer de pulmão.

Pesquisadores britânicos descobriram que o aumento do consumo de beta-caroteno de 1,7 para 2,7 miligramas por dia reduziu o risco de câncer de pulmão em mais de 40%. Uma cenoura média contém cerca de três miligramas de beta-caroteno.

Em um estudo separado, os pesquisadores descobriram que comer cenouras ricas em fibras reduziu o risco de câncer de cólon em até 24%.

Outro estudo mostra que as mulheres que comiam cenouras cruas eram cinco a oito vezes menos propensas a desenvolver câncer de mama do que aquelas que não o faziam.

Reduza a Degeneração Macular

Esta é uma doença comum dos olhos dos idosos que prejudica a função da mácula.

Pesquisas descobriram que pessoas que ingeriram a maior quantidade de beta-caroteno tiveram um risco 40% menor de degeneração macular em comparação com aquelas que consumiram menos.

O beta-caroteno também pode se dividir por meio de uma reação enzimática para formar pró-vitamina A, que é frequentemente associada à capacidade antioxidante em relação à visão. Portanto, as cenouras são um impulsionador da visão global.

Melhorar a visão

Deficiência de vitamina A pode causar alguma dificuldade em ver com pouca luz.

Como as cenouras são ricas em vitamina A, elas são boas para melhorar a visão e evitar que condições como a cegueira noturna se desenvolvam à medida que envelhecemos.

Melhorar a saúde bucal

Os compostos orgânicos presentes nas cenouras são bons antioxidantes minerais e também estimulam as gengivas e induzem o excesso de saliva.

A saliva é uma substância alcalina e combate as bactérias e corpos estranhos que podem resultar em cavidades, halitose e outros riscos à saúde bucal.

Reduza o risco de derrame

Comer uma cenoura todos os dias reduz o risco de derrame em 68%. Muitos estudos reforçaram a crença no “efeito de cenoura” no cérebro.

Estudos realizados em pacientes com AVC revelaram que aqueles com os níveis mais altos de beta-caroteno tiveram a maior taxa de sobrevivência.

Controla a Diabetes

As cenouras são boas para a regulação do açúcar no sangue devido à presença de carotenóides nas mesmas. Os carotenóides afetam inversamente a resistência à insulina e, portanto, reduzem o açúcar no sangue, ajudando os diabéticos a viver uma vida normal e saudável.

Eles também regulam a quantidade de insulina e glicose que está sendo usada e metabolizada pelo organismo, proporcionando uma flutuação saudável nos diabéticos.

Eles têm qualidades anti-sépticas e podem, portanto, ser usados como laxantes, vermicidas e como remédio para problemas do fígado. O óleo de cenoura é bom para a pele seca porque torna a pele mais macia, suave e firme. Além disso, o suco de cenoura melhora o estômago e a saúde gastrointestinal.

Assim, as cenouras, consumidas como frutas cruas, suco ou em forma cozida, são sempre uma boa opção para sua saúde!